Perguntas frequentes

Para uma pesquisa mais refinada, tente clicar nos tópicos em que você estiver mais interessado.

Qual o motivo para eu utilizar uma dieta enteral?

O motivo pelo qual a dieta enteral foi recomendada a você (ou ao seu familiar) é porque você não está recebendo a quantidade suficiente de nutrientes através da alimentação convencional, ou você é incapaz de engolir ou tolerar alimento pela boca. Receber todos os nutrientes que você necessita é essencial para sua recuperação.

Veja também: Por que dieta enteral?

Quanto tempo eu posso utilizar a dieta enteral?

A dieta enteral pode ser utilizada como uma fonte exclusiva de nutrição pelo tempo que for necessário. Ela fornece uma dieta saudável e balanceada, e contém todos os nutrientes que o paciente necessita todos os dias. O importante é manter um cuidadoso manuseio dos procedimentos necessários, e o apoio da equipe de saúde.

Por quanto tempo vou precisar da dieta enteral?

Algumas pessoas precisam da dieta enteral por curtos períodos de tempo, enquanto outras podem necessitar dela por um longo prazo. Seu profissional de saúde discutirá o período em que você ou seu familiar necessitará de uma alimentação por sonda.

Qual é a melhor posição durante a dieta enteral (deitado, sentado ou em pé)?

A posição ideal para o paciente em dieta enteral é sentado. Todavia, se isso não for possível, apoie o paciente com pelo menos duas almofadas para ficar em um ângulo de 45º ou maior. Você deverá manter essa posição durante a alimentação e por até 30-60 minutos após a dieta enteral. Não é seguro se alimentar enquanto deitado. A dieta enteral pode refluir e provocar aspiração para as vias aéreas.

Posso fazer um intervalo durante a alimentação?

Você pode interromper a alimentação caso necessário, tomando as seguintes precauções:

Para um intervalo curto (menos de uma hora), evite desconectar sua sonda do equipo salvo se necessário. Caso seja indispensável, desconecte a sonda do equipo e aplique a tampa. Você precisará lavar a sonda de alimentação antes de começar a se alimentar novamente. Nesse caso, utilize de 10 a 20ml de água.

Para um intervalo mais longo (mais de uma hora), desconecte a sonda do equipo e aplique sempre a tampa na sonda. Coloque o alimento na geladeira, junto com o equipo. Quando você retirar o alimento da geladeira, deixe-o por uma hora em temperatura ambiente para que ele retorne a esta temperatura, antes de reiniciar a alimentação. Você precisará lavar a sonda antes de recomeçar. Lave com 10 a 20 ml de água.

Qual o sabor do alimento?

Como a sonda vai diretamente ao estômago ou intestino, a maioria dos alimentos enterais não têm sabor.

A alimentação por bolo (volumes maiores de infusão por um tempo reduzido), pode ser realizada com suplementos, e estes podem apresentar sabores. Os mais comuns são baunilha, morango e chocolate.

Em que temperatura deverá estar o alimento? Posso aquecê-lo?

A dieta enteral deverá sempre ser instilada à temperatura ambiente (20 a 23º C). Alimento frio pode levar à intolerância ou diarreia. Se você aquecer a dieta enteral (tal como com água quente ou em um microondas), há o risco de ‘cozinhar’ a fórmula, o que pode provocar perdas nutricionais. Aquecer a dieta enteral pode também aumentar o risco de infecções.

O que acontece se eu beber líquidos porque tenho sede? Que tipos de bebidas são aceitáveis?

Se você pode beber ou não e que tipo de bebida é aceitável depende da enfermidade. Se você tiver dificuldade em engolir, beber poderá acarretar risco de aspiração pulmonar e, com ele, de infecções. Discuta com sua equipe de saúde o que é adequado em sua situação. Em épocas de forte calor (verão), é sempre possível administrar mais água (20- 40 ml) diretamente pela sonda.

Ficarei com fome? Eu me sentirei satisfeito e saciado?

A dieta enteral confere sensação de saciedade, da mesma forma que você teria com alimentação convencional. Todavia, quando a dieta enteral é administrada continuamente em pequenas quantidades durante o dia inteiro, você pode sentir menos saciedade. Se sua absorção for menor que a quantidade prescrita, ou se houver intervalo longo entre as administrações, você poderá sentir fome. Discuta com sua equipe de saúde se a quantidade recomendada de alimento é suficiente para você.

Quais os sinais de problemas, no caso de gastrostomia ou jejunostomia?

Você deve averiguar esses sinais de problemas todos os dias:

 
  • Vermelhidão no local do orifício abdominal: se você observar vermelhidão que persista ou for dolorosa, informe a um membro de sua equipe de saúde. 
  • Fluidos ou secreções: Se você notar escoamento / vazamento do local de sua gastrostomia, fale com seu médico. Poderá ser necessário aplicar um cotonete (coleta de secreções) e encaminhar ao laboratório. Um creme antibiótico às vezes é utilizado. Continue limpando e secando todo o local. Possivelmente, necessitará de um curativo que proteja a pele e absorva o escoamento / vazamento. 
  • Tecido avermelhado ao redor do estoma: Um tecido pode crescer ao redor do estoma, o que requer tratamento. Isso é conhecido como tecido de granulação, e é o resultado do organismo tentando reparar a incisão cirúrgica. Se isso ocorrer, contate seu médico ou um membro de sua equipe de saúde.
  • Vazamento do conteúdo do estômago ao redor do estoma: O vazamento de conteúdo gástrico ao redor do local do estoma pode causar queimação e dor na pele circundante. O dispositivo de fixação externo pode necessitar de ajustes, de forma que o balão interno fique mais comprimido contra a parede do estômago. Você terá uma demonstração de como apertar o fixador, por um membro de sua equipe de saúde antes de ir para casa.

Veja também: Como lidar com complicações

Se eu estiver me sentindo melhor, posso parar a dieta enteral?

O objetivo da dieta enteral é a de proporcionar a correta quantidade de energia, proteína e outros nutrientes que seu organismo necessita para auxiliar a sua recuperação. A dieta enteral deverá ser continuada, até que você possa receber tudo que necessita pela boca. Portanto, sempre discuta com sua equipe de saúde antes de interromper a dieta enteral, ou alterar sua dosagem ou rotina.

Quais efeitos adversos eu posso ter a princípio?

Pode levar tempo para descobrir a rotina de dieta enteral que funcione melhor para você ou seu familiar. Enquanto você faz esses ajustes finos, você poderá sofrer alguns efeitos adversos. Todavia, há diversas maneiras de administrar quaisquer efeitos adversos tais como:

  • Náuseas : Se você estiver nauseado (se sentindo mal), retarde a dieta enteral por 1-2 horas. Você também pode discutir com sua equipe de saúde para ver se há possibilidade de administrar uma quantidade menor de alimento.
  • Diarreia: Certifique-se primeiro que o gotejamento contínuo no equipo esteja enviando alimento na velocidade correta. A velocidade correta deverá ter sido informada a você como parte de seu plano de dieta enteral.
  • Constipação: Talvez sua dieta seja pobre em fibras, e requeira quantidade maior. Certifique-se que você esteja tomando água ou outros tipos de líquidos extras que foram recomendados por seu nutricionista ou médico. Se possível, tente se exercitar e se movimentar. É importante informar ao seu nutricionista, pois caberá a ele substituir ou ajustar sua dieta.
  • Gases: Se você estiver com muitos gases ou distensão abdominal após a dieta enteral, abra a tampa da sonda e deixe qualquer excesso de gás escapar através da sonda. Seu profissional de saúde pode demonstrar a você como acoplar uma seringa de 50 ml ou válvula especial para ventilar o excesso de gás.

Se os efeitos adversos forem persistentes ou se você tiver quaisquer perguntas sobre o que fazer, sempre contate seu nutricionista ou médico da sua equipe de saúde.

O que eu devo fazer se meu filho se sentir nauseado?

Se seu filho está com náuseas (sente-se mal), espere uma ou duas horas antes de iniciar a dieta e, quando o fizer, inicie-a mais lentamente. Se ele continuar a se sentir mal, começar a vomitar e/ou se surgir diarreia , contate o médico de seu filho para orientações.

Alguns medicamentos, tais como antibióticos, anti-inflamatórios e suplementos de minerais e vitaminas podem causar diarreia e outros sintomas gastrointestinais. Pergunte ao médico de seu filho, sobre quaisquer efeitos colaterais possíveis dos medicamentos que ele estiver tomando.

O que acontece se a sonda se soltar ou sair completamente?

A sonda pode se soltar ou deslocar com acessos de tosse, movimentos repentinos ou acidentais, ou se for puxada em excesso. Se isso acontecer, pare a alimentação. Essas intercorrências são sérias e necessitam do apoio de um profissional de saúde. Dessa forma, você terá que ir ao hospital para que a sonda seja substituída por um profissional de saúde.

Se você tiver um PEG (gastrostomia endoscópica percutânea), Botão ou jejunostomia, e ele for retirado acidentalmente, coloque um curativo sobre o local e vá ao Pronto Atendimento do hospital.

O que acontece se a sonda entupir?

Uma sonda pode entupir devido a:

  • Medicamento injetado que não foi triturado o suficiente
  • Lavagem inadequada antes e após as dietas e administrações de medicamento
  • Mau posicionamento das torneirinhas e / ou equipos de infusão da dieta
  •  

Se você observar que a sonda está entupida, não entre em pânico – esse é um problema comum. Extraia o máximo de alimento possível da sonda com uma seringa. Lave-a com água esterilizada ou fervida e resfriada, utilizando uma seringa de 20 ml (ou maior), para minimizar a pressão e aumentar o volume. Se ela ainda estiver entupida, aperte suavemente a sonda entre seus dedos ao longo do seu comprimento, massageando um pouco para cima e para baixo, e repita a lavagem. Se isso não funcionar, entre em contato com sua enfermeira ou um membro de sua equipe de saúde.

Veja também: Como lidar com complicações

Como eu cuido da sonda?

O cuidado adequado da sonda enteral tem um papel fundamental na prevenção de problemas. Para manutenção preventiva, para um PEG, siga esses passos: 

  • Uma vez por dia, gire delicadamente a sonda em um círculo completo (como uma chave na fechadura).
  • Quando a sonda estiver no local por quatro semanas, o dispositivo fixador externo deverá ser aberto e o interior limpo. Isso deve ser repetido semanalmente. 
  • Um conector em Y removível está localizado em alguns modelos de sonda. Ele deve ser substituído ou removido se quebrar, ou se entupir com alimento.
  • Altere a posição da braçadeira na sonda para evitar danos. Braçadeiras de substituição estão disponíveis no fabricante ou no hospital, se necessário.

Veja também: Suporte e cuidado a longo prazo

É normal que a cor da minha sonda tenha mudado com o tempo?

Em geral a cor da sonda não muda, porém a longo prazo tal pode suceder, sem que acarrete problemas. É recomendado que o equipo seja trocado a cada 24 horas. Isso deve ser feito para assegurar uma boa higiene e evitar qualquer possível contaminação com bactérias.

Posso colocar meu próprio alimento na sonda?

Não se deve colocar nada além da dieta prescrita através da sonda. Isso pode causar entupimentos e pode potencialmente causar infecções devido à contaminação.

O que é tecido de granulação e o que posso fazer sobre isso?

Tecido de granulação é o crescimento excessivo de um tecido róseo sobre o orifício abdominal da gastrostomia (estoma). Isso pode acontecer porque seu organismo está tentando reparar a incisão cirúrgica. Embora o tecido de granulação seja relativamente comum e não represente um problema emergencial, você pode precisar de tratamento. Você deverá contatar seu profissional de saúde.

O que eu preciso dizer aos meus colegas de trabalho?

Muitas pessoas acham mais fácil serem abertas com seus colegas de trabalho, sobre a razão pela qual elas necessitam de dieta enteral, e como isso funciona. Se você explicar isso aos seus colegas, eles ficarão mais compreensivos quando você tiver de se retirar para se alimentar periodicamente. Quanto mais relaxado você ficar sobre isso, melhor será o seu convívio social.

Posso continuar a trabalhar?

Há muitos exemplos de pessoas que conservam uma vida profissional ativa mesmo com uso de nutrição enteral, por sonda ou gastrostomia. Discuta com sua equipe de saúde como você pode melhor adaptar a rotina de alimentação à situação profissional.

Serei capaz de ter filhos?

Dieta enteral por si não impede projetos de gestação. O importante, nesses casos é um adequado seguimento por profissionais de saúde. Dessa forma, a alimentação será modificada, proporcionando além da nutrição rotineira, quesitos específicos e importantes para a gestação.

Posso nadar? Usar a banheira?

Por cerca de 2-3 semanas após você ter colocado o PEG ou jejunostomia, você deverá somente tomar banhos de chuveiro para uma melhor cicatrização da ferida cirúrgica. Posteriormente, tomar um banho de banheira ou mesmo nadar é possível, enquanto sua gastrostomia ou jejunostomia estiver bem protegida e a área da ferida estiver saudável. Você pode proteger a sonda com um curativo à prova d’água. Você deverá, todavia, evitar locais com água de má qualidade (não clorada) quando nadar. Se você não tiver certeza, fale com seu médico sobre o que é seguro e possível para você.

Eu posso fazer atividade física?

Fazer atividade física ou exercício leve é saudável , se sua condição permitir. Esteja apenas certo de proteger sua sonda e a pele ao redor dela o máximo possível, e evite grandes movimentos repentinos que possam deslocá-la. Há diferentes truques de proteção da sonda para facilitar você sair ou se movimentar – pergunte ao seu médico ou um membro de sua equipe de saúde sobre o que poderia ajudá-lo.

Eu posso viajar nas férias?

Para alguém em dieta enteral, viajar é possível. Há alguns desafios e considerações a tomar, mas sua equipe de saúde e o fornecedor de dieta enteral podem lhe dar a orientação que você precisa. É útil obter uma carta com antecedência de seu profissional de saúde, que declare as necessidades especiais requeridas. Você terá também de se certificar que tem o alimento e suprimentos necessários com você, ou descobrir se seu alimento está disponível no seu destino.

Como posso preparar meu filho para escola?

É comum que crianças em dieta enteral continuem a ir à escola normalmente. Você necessitará informar à escola que seu filho tem uma sonda instalada, e se ele precisará ser alimentado durante a permanência na escola. A escola pode necessitar de algumas informações básicas relacionadas à sonda. Se seu filho receber dietas e/ou medicamentos através da sonda enteral durante o dia letivo, a enfermeira da escola ou uma cuidadora pode supervisionar. Pode ser necessário providenciar treinamento a estas pessoas, e isso deve ser discutido com o nutricionista ou enfermeira de seu filho.

Posso consumir alimentos normais enquanto estiver em dieta enteral?

Sua equipe de saúde o informará se você ou seu familiar é capaz de comer enquanto estiver em uso de dieta enteral. Se você for capaz de comer, receberá informações sobre os tipos de alimento e quantidades que são seguras. Se você estiver utilizando dieta enteral devido à dificuldade de deglutição, você poderá consultar um fonoaudiólogo, que lhe aconselhará sobre quais alimentos são mais seguros para você ou seu familiar.

Como posso ajudar meu filho que não consegue comer?

Crianças pequenas que estão em dieta enteral, e não podem se alimentar normalmente, tendem a ficar ansiosas sobre coisas associadas com sua boca, tais como comidas ou escovação dos dentes. É importante promover experiências e sensações agradáveis ao redor da boca de seu filho. Isso o ajudará, na possibilidade de ele um dia voltar a se alimentar novamente.

Um fonoaudiólogo poderá lhe fornecer orientações, e recomendar atividades para fazer com a criança. Algumas delas são:

  • Incentive seu filho a colocar objetos, tais como mordedores ou chupetas na boca
  • Toque seu filho ao redor da boca
  • Faça-o ele brincar com a boca mandando beijos e fazendo sons familiares.
  • Incentive fazer brincadeiras com objetos e alimentos
  • Faça-o ele sentir cheiros de alimentos
  • Faça-o ele sentir o gosto de alimentos se a equipe de saúde disser que é permitido. Se for, coloque quantidades minúsculas de alimento na sua boca, no mesmo momento em que ele está sendo alimentado pela sonda. Isso ajudará seu filho a associar o cheiro, gosto e aparência do alimento com o sentimento da fome ser satisfeita.
  • Inclua seu filho na ocasião social de refeições familiares
Por favor confirme:
Que você é um profissional de saúde e está seguindo
a orientação apropriada em seu país.

O conteúdo desta área é destinado apenas para profissionais de saúde.
Sim, eu sou um
profissional de saúde
Não, não sou um profissional
de saúde (sair desta área)
fechar
Você é:
Profissional de Saúde
Sou nutricionista
Sou médico
Sou enfermeira
Sou cuidador
Paciente
Por qual motivo você buscou esta página:
Atualização de conteúdo
Para entender o que é o uso de Nutrição Enteral
Para aprender utilizar a dieta por sonda
Para tirar dúvidas com relação à administração da dieta
Outros
* Todos os campos são obrigatórios
OBRIGADO PELA RESPOSTA.

As informações foram enviadas com sucesso.