A colocação da sonda

Antes que a dieta enteral possa começar, a sonda tem que ser inserida no estômago ou intestino, passando ou não pelo nariz. Este procedimento depende do tipo de sonda: nasogástrica ou jejunal, gastrostomia (PEG) ou jejunostomia.

Reveja os tipos de sonda, e seus prós e contras.

INSERÇÃO POR GASTROSTOMIA OU JEJUNOSTOMIA

Sondas de gastrostomia e jejunostomia exigem um procedimento endoscópico ou cirurgia para colocação.

  • Endoscopia: Um endoscópio é um longo tubo com uma câmera e luz em sua ponta. É passado através da boca e garganta até o estômago. O médico utilizará o endoscópio para colocar a sonda enteral no estômago, e prendê-la no local.
  • Cirurgicamente: A sonda também pode ser colocada cirurgicamente. O cirurgião fará uma abertura até o estômago ou intestino delgado (Jejuno) e colocará a sonda enteral. O estômago/jejuno é então fixado ao redor da sonda.

Antes da operação

Seu médico se reunirá com você para discutir a cirurgia, explicar o procedimento e pedir para você assinar um formulário de autorização. Se for necessário um anestésico geral ou sedação durante o procedimento, outro médico, o anestesista, poderá explicar sobre o anestésico que assegurará que você ou seu familiar permaneça anestesiado. Amostras de sangue podem ser requeridas dependendo da operação, e você será informado sobre o tempo estimado de internação.

Após a operação

Se você recebeu anestesia geral, é comum se sentir um pouco tonto e sonolento. Uma hidratação por soro poderá ser utilizada após a operação. Todavia, há outras situações em que é possível deixar o hospital dentro de poucas horas. Pergunte à sua equipe de saúde quanto tempo será necessário ficar no hospital.

O local cirúrgico da sonda de gastrostomia/jejunostomia pode ficar avermelhado e escoar um pouco de líquido, mas isso cessará em poucos dias. Você pode verificar com o seu médico a possibilidade de algum analgésico para controlar qualquer dor. Não use nenhum medicamento sem a prescrição médica. A alimentação poderá começar no mesmo dia em que a PEG ou jejunostomia for inserida, ou até três dias após. Você será liberado para casa quando estiver tolerando bem a dieta. Normalmente isto leva de três a cinco dias, mas o prazo poderá ser maior ou menor, dependendo de sua condição, e da confiança com o manejo da dieta enteral.

Glossário

Termo: Sonda nasogástrica
Definição: Um tubo de alimentação flexível que é inserido através do nariz, descendo até o estômago.

Termo: Sonda nasojejunal
Definição; Um tubo de alimentação flexível que é inserido através do nariz, descendo até o intestino.

Termo: Sonda PEG
Definição: Um tubo de alimentação flexível que é inserido diretamente no estômago, fixando-se através de pequeno orifício no abdômen.

Termo: Jejunostomia
Definição: Um tubo de alimentação flexível que é inserido diretamente no intestino, através de pequeno orifício no abdômen.

Termo: Endoscópio
Definição: Um longo tubo, com um sistema de visualização para examinar órgãos internos, e com um instrumento anexo para pequenas cirurgias.

Termo: Anestesia geral
Definição: Aplicada por um anestesista, pode ser realizada tanto com um medicamento que é injetado na veia, como com gás que é respirado através de uma máscara.

Por favor confirme:
Que você é um profissional de saúde e está seguindo
a orientação apropriada em seu país.

O conteúdo desta área é destinado apenas para profissionais de saúde.
Sim, eu sou um
profissional de saúde
Não, não sou um profissional
de saúde (sair desta área)
fechar
Você é:
Profissional de Saúde
Sou nutricionista
Sou médico
Sou enfermeira
Sou cuidador
Paciente
Por qual motivo você buscou esta página:
Atualização de conteúdo
Para entender o que é o uso de Nutrição Enteral
Para aprender utilizar a dieta por sonda
Para tirar dúvidas com relação à administração da dieta
Outros
* Todos os campos são obrigatórios
OBRIGADO PELA RESPOSTA.

As informações foram enviadas com sucesso.